sábado, 16 de fevereiro de 2013



I Pe 5.7


" Lançando sobre ele toda a vossa ansiedade porque ele tem cuidado de vós".

Deus nunca se esqueceu dos seus filhos, em qualquer momento ou situação podemos contar com ele, pois ele não abandona aqueles que confia em sua providência. Quando buscamos em primeiro lugar o seu Reino, aí Ele cuida das demais coisas Mt 6.33).

O cuidado que Deus tem com cada um de nós, é uma verdade enfatizada através de sua palavra ( ver Sl 27.10; 37.5;40.17; 55.22).

O Profeta Isaías nos mostra o quanto Deus se preocupa com os seus filhos quando diz: "pode uma mulher esquecer-se tanto do filho que cria, que não se compadeça dele, do filho do seu ventre? Mas, ainda que esta se esqueça, eu, todavia eu não me esquecerei de ti" ( Is 49.15).

O cuidado de Deus com Elias

Deus cuidou de Elias, usando os corvos para trazer alimento ( I Rs 17.4,6).

Preparou uma viúva para os alimentar ( IRs 17.9).

Vejam também o que Jó diz sobre o cuidado de Deus (Jó 38.41,42), Mateus 6.26). Mesmo com nossa falta de fé, Deus tem tido misericórdia de nós. No deserto, durante os quarenta anos de peregrinação, durante o dia uma coluna de nuven para os guiar, durante a noite uma coluna de fogo para os alumiar ( Ex 13.21).

Estamos sobre o cuidado especial de Deus, ele zela por nós com carinho todo especial, é só confiar na sua palavra.

Deus o abençoe Amém
|  Autor: Zenildo de Oliveira Coutinho  |  Divulgação: estudosgospel.com.br |

sexta-feira, 15 de fevereiro de 2013


Quando as Máscaras Caem




Uma vez por ano elas submergem – pessoas modernas – no anonimato das máscaras sem nome. Uma vez por ano elas querem gozar como desconhecidas, aquilo que a vida oferece. Uma vez por ano elas se livram das amarras da responsabilidade, das preocupações e da autodisciplina. Mas como passam rapidamente os dias de divertimento sem controle! A toda bebedeira segue uma ressaca; todos que usam máscaras serão desmascarados.

Existe alguém que não se deixa enganar pela tua fantasia, - Alguém diante de cujos olhos de fogo não existem pessoas atrás das máscaras. Os olhos do Deus vivo e santo vêem todas as coisas. Eles te seguem sempre e em todos os lugares! Na Bíblia está escrito:

“Senhor, tu me sondas e me conheces. Sabes quando me assento e quando levanto... Esquadrinhas o meu andar e o meu deitar, e conheces todos os meus caminhos... Para onde fugirei da tua face? Se subo aos céus, lá estás; se faço a minha cama no mais profundo abismo, lá estás também... Se eu digo: As trevas, com efeito, me encobrirão, e a luz ao redor de mim se fará noite, até as próprias trevas não te são escuras: as trevas e a luz são para ti a mesma coisa” (Salmo 139).

Também na balbúrdia do carnaval, os olhos de Deus te observam. Mesmo que submirjas, mesmo que nenhuma pessoa te identifique – Deus te reconhece! Ele sabe a respeito de tudo que fazes. Diante dele, têm que cair todas as máscaras! Permite-me perguntar-te: como ficas depois da folia do carnaval? Seja sincero, não te iludas! Não é assim: teu coração está vazio, ficas mal-humorado, tu te sentes miserável. A vida ficou monótona e vazia. Restou somente um gosto amargo. O tempo do carnaval veio a ti em vestes de alegria, mas sempre lhe seguem vultos vestidos de preto. Trata-se das aflições, das dores de consciência, do sofrimento e do desespero.

Feliz de ti se capitulares hoje diante de Deus! Feliz de ti, se cair tua máscara! Pois Deus te faz uma oferta. Se quiseres, ainda hoje ele te dará alegria pura e verdadeira, que não tem nada em comum com a alegria “mascarada”. Trata-se de uma alegria que poderás levar para tua vida diária.

Tu te sentes sujo e manchado pelo pecado? Está o teu coração decepcionado e vazio? Então vem a Jesus Cristo, o Filho de Deus. A Bíblia diz:

“Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna” (João 3.16) – “...o sangue de Jesus, seu filho, nos purifica de todo pecado” (1 João 1.7). – Deus diz:“Desfaço as tuas transgressões como a névoa, e os teus pecados como a núvem; torna-te para mim, porque eu te remi” (Isaías 44.22). Virá o dia em que todas as pessoas do mundo terão que comparecer ao juízo de Deus: “...para que ao nome de Jesus se dobre todo joelho, nos céus, na terra e debaixo da terra, e toda língua confesse que Jesus Cristo é o Senhor, para a glória de Deus Pai” (Filipenses 2.10-11).

Esse será o dia em que o Deus santo arrancará dos rostos dos homens as máscaras da justiça própria, do orgulho e da altivez. De que maneira terrível aparecerá então a pecaminosidade e pobreza de uma vida desperdiçada! Por isso, deixa desmascarar-te hoje por Deus. Aceita a graça de Deus, que te é oferecida em Jesus Cristo. Hoje ele quer ser teu Salvador, amanhã talvez já seja teu Juíz! Aceita na fé o perdão dos pecados através do sangue de Jesus Cristo. Inicia hoje uma nova vida com teu Deus, uma vida de que não te precisarás envergonhar na Eternidade!

| Autor: Y. M. | Divulgação: EstudosGospel.Com.BR |

quinta-feira, 14 de fevereiro de 2013



Quando a Presença de Deus é Roubada!



Baseado em 1Sm 4
O desejo de Deus é de manter comunhão com o homem. Não importa sua posição, cor, sexo ou etnia, todos estão convidados para estarem próximos a Deus. Todo Antigo Testamento nas suas páginas repletas de profecias e sombras daquilo que Deus estava intencionado em fazer com a chegada de Cristo, deve nos alertar para o fato de nos prepararmos devidamente para o grandioso plano. Cristo viveu, morreu, ressuscitou triunfando. Ele é o Emanuel, o Deus conosco, Ele quer estar presente com o seu povo, com sua Igreja. Seu Espírito e sua presença podem estar de tal maneira envolvendo seu povo que estes o podem senti-lo. Respirá-lo.

A presença de Deus plena e completa, era a experiência de Adão e Eva antes de cometerem o pecado e serem castigados com a expulsão. O desejo de Deus certamente era de estar com os homens, a própria trindade divina nos revela que Deus é um ser que deseja a comunhão. Embora os homens teimosamente insistam em permanecer com seus corações duros e fechados, Deus com sua mansa e suave voz, deseja que eles vivam e aceitam o convite. 

A arca da aliança é roubada

A arca da aliança é o símbolo da presença de Deus. A arca da aliança ficava no santíssimo lugar. O lugar mais privilegiado e onde poucos tinham acesso. Ela ficava tanto no tabernáculo que foi construído por Moisés quanto no templo, mais tarde construído por Salomão. Ambos eram semelhantes em seus cômodos, objetos e utensílios. No Antigo Testamento o tabernáculo e o templo, eram habitações, divina. No Novo Testamento as perspectivas são outras, os cristãos se tornam tanto tabernáculo, quanto templo do Senhor com seus corpos físicos. A arca, símbolo da presença de Deus, agora está em nós. Levamos a presença de Deus através de nós.

O que houve com a arca, num período difícil para o povo? Onde havia pouca espiritualidade e muito mundanismo? A arca da aliança, a presença de Deus fora roubada pelo poderoso e incômodo exército filisteu. Os inimigos roubam a arca, roubam a presença de Deus. 1 Sm 4. 10,11.

Como e porque a arca, a presença de Deus foi roubada?

O povo estava envolvido num conflito com inimigos. Os filisteus eram difíceis de serem vencidos, pois eram superiores no armamento bélico. Eles aqui representam os inimigos do povo de Deus. Porque foram os israelitas vencidos? Simples, estavam na imundícia. O fato da arca ser roubada foi uma conseqüência natural, pois Deus não pode habitar na imundícia.

A Igreja hoje vive na verdade um fato parecido. A Igreja, os cristãos querem vencer. Querem vencer a carne, as doenças, os problemas, enfim os inimigos. Mas são derrotados, pois a presença de Deus não está mais em seu meio. Os filhos do maior e mais influente líder espiritual estavam cometendo as piores aberrações, estavam se prostituindo na frente da tenda e o próprio Eli, o sacerdote, não conseguira os educar. 1 Sm 2.12-17.

Nesta noite como você está envolvido no conflito espiritual? Os filisteus conseguiram a vitória? Por quê? Como está sua vida espiritual?

Os fatos bíblicos aqui nos mostram que para ser vencedor é preciso ter a presença real, e não apenas em supostas pretensões. O povo mesmo estando no lamaçal, pensava que Deus estaria com eles. Pensava que a arca, símbolo da presença de Deus os poderia libertar. 1 Sm 4. 5-7.

Só podemos vencer se Deus estiver conosco. Você só vence se Deus está presente. Você como templo e tabernáculo da arca, da presença, precisa de fato ter Deus. Do contrário, um abraço, você é um derrotado.

O fato da arca ter sido roubada causa um tremendo impacto. O próprio Eli, mesmo aparentemente tão desleixado, em virtude da noticia do furto da arca cai e morre. 1 Sm 4.18. Quando Deus não está mais no meio do povo e os líderes então finalmente isso descobrem, parece que a agonia e o desespero tomam conta deles. Eli é uma pequena amostra do julgamento que recaí sobre os desleixados. Se você é como Eli, despreocupado, que deixa rolar pra ver no que vai dar, seja você líder ou não, sofrerá o juízo de Deus. Você verá que Deus não esteve com você e o pior, quem sabe assim como Eli, ainda receberá noticias desastrosas a respeito de familiares e do povo que deveria ser espiritual. 1 Sm 4.17.

Não deixe o mundo, a carne, o diabo, roubar a presença de Deus da sua vida!
Procure ter Deus real e não o supersticioso! Então você será vencedor!
|  Autor: Maciel Fillvoch  |  Divulgação: estudosgospel.Com.BR |

quinta-feira, 31 de janeiro de 2013

quarta-feira, 30 de janeiro de 2013

Alerta aos Pais...

Polêmica: Jogo tem Criança Possuída pelo Diabo, com Missão de Matar os Pais




Baseado no personagem Damien que era o anticristo encarnado no filme "A profecia", a produtora Shiver Games lançará o jogo Lucius. No jogo uma criança é possuída pelo diabo como resultado de um pacto feito pelo avô dele, líder de um culto satânico, e o capeta em troca de sucesso, dinheiro e fama. Em troca o diabo poderia ter o corpo de seu neto (Lucius).

Após o garoto completar seu sexto aniversário, o demônio surge para coletar sua parte no acordo. No game o jogador na pele do menino Lucius tem que assassinar todos os residentes da casa onde mora, incluindo seus próprios pais, sem que as pessoas notem que o culpado é, na verdade ele.

Para isso acontecer, é preciso ser cerebral e analisar a rotina de cada um dos habitantes, planejando "acidentes" que culminem nas mortes. A cada "acidente" bem sucedido, a criança ganha mais poderes. Um exemplo é a empregada, que pode ser morta dentro de um frigorífico!


Fonte: Panorama Cristão | Divulgação: Midia Gospel



Provérbios 22:6 "Ensina a criança o caminho que deve andar e ainda quando for velho, não se desviará dele.”

segunda-feira, 28 de janeiro de 2013

A real vontade de Deus pra nossas vidas



Hoje em nossa comunidade cristã, existem cristãos que nunca conheceram qual é a real vontade de Deus pra suas vidas, pois estão preocupados em detalhes fúteis desta vida, como, o que fazer pra ser prospero, buscar forças em estudos, trabalhos e deixando que a euforia desta vida consuma o seu tempo com Deus... As pessoas hoje não procuram saber o que Deus sonhou pra suas vidas, ninguém sonha mais em ter uma vida pra obra de Deus, as preocupações se constituem em: Com quem vai casar, de quanto vai ser o salário do mês pra que possa suprir suas regalias mensais, ninguém mais hoje se preocupa como estar sua espiritualidade, ninguém mais se importa se Deus tem ou não falado com si, são pessoas iguais ais do mundo a diferencia é que estas pessoas professam uma fé e tentam vive-la de forma flexível, é uma pena pois a bíblia diz que fomos chamados para serem santos:  

Bendito o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, o qual nos abençoou com todas as bênçãos espirituais nos lugares celestiais em Cristo; Como também nos elegeu nele antes da fundação do mundo, para que fôssemos santos e irrepreensíveis diante dele em amor; E nos predestinou para filhos de adoção por Jesus Cristo, para si mesmo, segundo o beneplácito de sua vontade, 
Efésios 1:3-5 


Deus nos revelou sua vontade para vivermos ela, somente para ele, então se você é cristão tome vergonha na cara e comece à lembrar pra que você foi chamado, faça Deus o primeiro de sua vida.

Sofre, pois, comigo, as aflições, como bom soldado de Jesus Cristo. Nenhum soldado em serviço se ENVOLVE em negócios desta vida, porque o seu OBJETIVO é satisfazer àquele que o arregimentou.
E, se alguém também milita, não é coroado se não militar LEGITIMAMENTE. O lavrador que trabalha deve ser o primeiro a gozar dos frutos. Considera o que digo, porque o Senhor te dará entendimento em tudo. 
2 Timóteo 2:3-7 



Texto escrito por Samuel Avelar.